Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos - VSPEA

Objetivo

O Programa de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos (VSPEA) tem por objetivo a execução de ações de saúde integradas, compreendendo a promoção à saúde, à vigilância, à prevenção e ao controle dos agravos e das doenças decorrentes da intoxicação exógena por agrotóxicos, tais como distúrbios gastrintestinais, respiratórios, endócrinos, reprodutivos e neurológicos, além de neoplasias, mortes acidentais e até mesmo suicídios.

O Programa VSPEA de âmbito estadual, está vinculado ao Programa Nacional VIGIPEQ (Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Contaminantes Químicos), coordenado pelo Ministério da Saúde e pela Gerência em Saúde Ambiental (GESAM) na Diretoria de Vigilância Sanitária do Estado de Santa Catarina (DIVS).

Para execução das ações inerentes ao Programa VSPEA, são levados em consideração os grupos mais vulneráveis aos efeitos deletérios provocados pela exposição aos agrotóxicos, sendo eles principalmente os trabalhadores diretamente envolvidos com o uso e aplicação das substâncias classificadas como agrotóxicos, bem como crianças, mulheres grávidas, lactentes, idosos e os indivíduos com saúde debilitada.

Entre as diferentes ações desenvolvidas no Estado de Santa Catarina para implantação e fortalecimento do VSPEA são destaques:
  • Reuniões com Grupo de Trabalho (GT Agrotóxicos) para discussão de temas relacionados ao uso de agrotóxicos e seus resíduos e repercussão na saúde, reunindo uma equipe multidisciplinar.
  • Participação nas reuniões da Comissão de Impactos e, em plenárias do Fórum Catarinense de Combate aos Impactos de Agrotóxicos e Transgênicos.
  • Desenvolvimento de material educativo em VSPEA.
  • Realização de Seminários e Oficinas para autoridades de saúde e agricultores.
  • Capacitação para profissionais da epidemiologia para uso e fortalecimento do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN).
  • Monitoramento dos resíduos de agrotóxicos na água tratada para consumo humano (Programa VIGIAGUA) e em alimentos (Programa PARA).
  • Publicação de informes para divulgação das ações realizadas pelo Programa.